quarta-feira, 25 de abril de 2007

Exercícios - Peitorais

SUPINO RETO

Deitado sobre um banco horizontal, os glúteos em contato com o banco, os pés apoiado contra o solo.
- segurar a barra, mãos em pronação com uma distância superior a largura dos ombros;
- Inspirar e descer a barra, controlando o movimento até o peito;
- Desenvolver expirando no final do esforço.
Este exercício solicita todo o peitoral, o peitoral menor, o tríceps, o feixe anterior do deltóide, os serrateis anteriores e coracobraquial

SUPINO INCLINADO
Sentado num banco inclinado entre 45 e 60, segurar a barra, mãos em pronação com uma distância superior as dos ombros:
- Inspirar e descer a barra sobre a fúrcula esternal;
- Desenvolver e expirar no final do movimento.
Este exrcicio solicita o peitoral maior, sobretudo sua feixe clavicular, o feixe anterior da deltóide, o tríceps, o serrátil anterior e o peitoral menor.

SUPINO RETO COM HALTERES
Deitado sobre um banco horizontal, os pés apoiados contra o solo para assegurar a estabilidade, braços esticados verticalmente, mãos face a face em semipronação e segurando os halteres:
- Inspirar e descer os halteres até o nível dos peito, flexionando os cotovelos, e realizando um rotação dos antebraços para levar as mãos em pronação completa;
- Desenvolver quando as mãos se encontram face a face, realizar um contração isométrica para localizar o esforço sobre a parte esternal dos peitorais maiores. Expirar no final do movimento.
Este exercício é semelhante ao desenvolvido com barra, mas, pela sua maior amplitude de execução, ele favorece o alongamento dos peitorais maiores. Se bem que menos intensamente, os tríceps e os feixes anteriores dos deltóides também são solicitados.


SUPINO INCLINADO COM HALTERES
Sentado sobre um banco mais ou menos inclinado (não mais que 60, para não centrar demais o trabalho sobre os deltóides), cotovelos flexionados, mãos segurando os halteres em pronação:
- Inspirar e esticar os braços verticalmente aproximando os halteres. Expirar no final do movimento.
Este exercicio, intermediário entre o desenvolvimento inclinado na barra e o crucifixo inclinado com halteres, trabalha os peitoriais - principalmente seus feixes claviculares - ao mesmo tempo que os torna flexiveis. Ele também solicita a porção anterior dos deltóides, o serrátil anterior e o peitoral menor (todos os fixadores da escapulas, permitindo que o braço fique unido ao tronco), assim como os tríceps, mas menos intensamente do que o supino com barra.

CRUCIFIXO RETO
Deitado sobre um banco estreito, para não atrapalhar o movimentos das escapulas, as mãos segurando os halteres, os braços estendidos ou os cotovelos levemente flexioandos para aliviar as articulações:

CRUCIFIXO INCLINADO
Sentado sobre um banco inclinado entre 45 e 60, mãos segurando os halteres, braços estendidos verticalmente ou levemente flexionados para aliviar a articulação do cotovelo:
- Inspirar e, em seguida, abrir os braços até a horizontal;
- Elevar os braços até a vertical, expirando.
Este movimento nunca deve ser pesado. Ele localiza o esforço sobre os peitorais, principalmente sobre seus feixes claviculares. Ele faz junto com "pull-lover", dos exercicios fundamentais para um desenvolvimento de uma boa expansão toracica.

CRUCIFIXO NO CROSS-OVER
Em pé, levemente afastadas, o tronco um pouco inclinado, cotovelo levemente flexionados, as mãos segurando os pegadores, braços abertos:
- Inspirar e aproximar os braços para colocar os pegadores rm contato. Expirar no final do movimento.
Excelente para os peitorais, este exercícios permite, nas séries longas, a obtenção de uma boa congestão muscular. Finalmente, variando a inclinação do tronco e o angulo de trabalho dos braços, nós podemos colocar em ação o conjunto de feixes dos peitorais maiores.

PULL-OVER
Deitado sobre um banco, pés apoiados contra o solo, um haltere seguro pelas duas mãos, braços estendidos, os discos repousando sobre as palmas, polegares e indicadores circundando a barra:
- Inspirar e descer o haltere atras da cabeça flexionando levemente os cotovelos;
- Expirar ao retornar á posição inicial.
Este exercicio desenvolve o peitoral maior em espessura, a cabeça longa do triceps, o redondo maior, o grande dorso, assim como o serrátil anterior, o rombóide e o peitoral menor, músculo que estabiliza a escápula e permite ao úmero oscilar sobre um suporte estável.
Este movimento pode ser realizado com o objetivo especifico de expandir a caixa toracica. Neste caso, será necessário realizar um trablho leve e cuidar para não flexionar excessivamente os cotovelos. Quando possível, utilizar um banco convexo ou se colocar transversalmente sobre um banco horizontal, a pelve mais baixa do que a cintura escapular. É importante inspirar ao máximo no ínicio do movimento e somente expirar no final de sua execução.

VOADOR
Sentado no aparelho, braços afastados em posição horizontal, cotovelos flexionados repousando sobre o ponto de aplicação de força, antebraços e punhos relaxados:
- Inspirar e aproximar os braços ao máximo, expirar no final do movimento.
Este exercício trabalha os peitorais maiores alongando-os. Ele permite, quando da aproximação dos cotovelos, localizar os esforços no nível da parte esternal dos peitorais. Ele também desenvolve o coracobraquial e a cabeça curta do bíceps. Ele permite na repetições longas, a obtenção de uma congestão intensa dos músculos. Recomendado para iniciantes, ele permite de força suficiente para passar em seguida, aos movimentos mais complexos.

FLEXÃO
Apoiado frente ao solo, os braços estendidos, mãos afastadas na largura dos ombros (ou mais), pés juntos ou levemente separados:
- Inspirar e flexionar os braços para levar a caixa toracica próxima ao solo, evitando aumentar excessivamente a curvatura lombar (lordose);
- Forçar até a extensão do braço;
- Expirar no final do movimento.
Este exercício é excelente para os peitorais maiores e tríceps. Ele pode ser realizado em qualquer lugar.
Variando a inclinação do tronco, nós localizamos o trabalho:
- Sobre a feixe clavicular do peitoral maior: pés elevados;
- Sobre a parte inferior do peitoral maior: tronco elevado.
DIPS
Apoiado sobre as barras paralelas, os braços estendidos, as pernas no vazio:
- Inspirar e flexionar completamente os antebraços sobre os braços para levar o tronco no nível das barras;
- Efetuar a repulsão e expirar no final do esforço.
Durante sua execução, quando mais inclinado o tronco, mais importante será a participação dos peitorais (parte ínfero-esternal). Ao contrário, quanto mais reto estiver o tronco, mais os tríceps serão solicitados.
Este exercício é excelente para alongar o peitoral maior e flexibilizar a cintura escapular, mas ele não é recomendado para iniciantes, pois exige uma aquisição prévia de uma certa potência. Para isso, o aparelho especifico para "Dips", permite a familiarização com o movimento. Séries de 10 a 20 repetiôes produzem os melhores resultados.
Para adquirir maior potência e também maior volume, os atletas habituados ao movimento podem se exercitar com um peso fixado a cintura ou entre as pernas.

25 comentários:

michel disse...

muito interessante esse material...
Materiais assim são de excelente instrução.
PARABENS!!

Anônimo disse...

Aonde vc conseguiu essas fotos???

Dj Normal Nada disse...

Carra, essas imagens da para sacar no emule, prokura la por anatomia. e musculacao, sacas zipado, e vem no formato PDF...holla...

Anônimo disse...

É ta muito bom mesmo
Vlw :)

Anônimo disse...

muito bom post

valeu mesmo em!

Luc@$ $$@ disse...

show d bola essa postagem ,deu pra aprender muito.
vlw

manynh@@@@@@@@@ disse...

legaaaaaaaaaallll...............
deu pra aprndr mto cm essa postagm..............

Anônimo disse...

tem alguma imagem sobre o exerciio
canadense.....

Anônimo disse...

tem alguma imagem sobre o exercicios canadense...

Anônimo disse...

Otimo Post

•ToNi disse...

era oque eu estava procurando
muito boa matéria me ajudou um monte.

Eliakim Emanuel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eliakim Emanuel disse...

Aff
Isso ae eh o Livro Guia dos Movimentos de Musculação-Abordagem anatômica- Por Frédéric DELAVIER

Porra tem q botar a fonte neh Ow
Pq isso ae ta um baitaaaaaaaaaa de um plágio
não gostei do q fizeram =/

Anônimo disse...

muito bom mesmo gostei eu comecei a fazer alteres ja to ganhando bastante massa muscular e agora vou passar para o peitoral valeuu!!! e Eliakim Emanuel vai se fuder se vc kiser vc cria um blog e faz do seu geito fdp para de falar merda

Jhonathas disse...

eh muito bom mesmo ...não tem como ter erro...vlw gente...

leonardo victor rodrigues da silveira disse...

uns doa melhores exercicios que o pessoal da academia esquece e o pull-over, nao deve ser esquecido ele trabalho com o formato do seu peitoral.

Anônimo disse...

intiresno muito, obrigado

Anônimo disse...

Isto era tudo que eu tava procurando;valeu mesmo!!!

Anônimo disse...

Concordo plenamente, esse material foi de grande ajuda, com ele posso corrigir alguns movimentos e complementar meu treino. Foi de muita ajuda, está de parabens!!

chrystiano aguilar disse...

muito bom!!parabens!!!

chrystiano aguilar disse...

tenho uma duvida, se alguem puder me ajudar! no caso do pullover, se eu deitar no banco na posicao horizontal com o corpo todo no banco como no supino,interfere no resultado do exercicio? faco assim,porque so tenho 3 meses de academia.mas o movimento em si, eu faco como o indicado, sem flexionar os bracos para nao trabalhar triceps!obrigao galera!

Anônimo disse...

Parabéns!!! A apresentação está impecável!

Anônimo disse...

Muito bom!!! Aconselho a colocar na Internet um semelhante mas sobre outra parte do corpo do género de abdominais

Anônimo disse...

vejam o vídeo que contém todos esses exercícios
nota 10 o vídeo!
www.youtube.com/watch?v=9uwuKPs9TLs

medion mala disse...

vejam o vídeo que contém todos esses exercícios
nota 10 o vídeo!
www.youtube.com/watch?v=9uwuKPs9TLs